ULTIMAS NOTÍCIAS

sábado, 29 de julho de 2017

EFEITO SECA: Agricultores do Nordeste podem renegociar mais de um milhão de operações do FNE

Produtores com empréstimos para atividades rurais contratados entre 1º de janeiro de 2012 e 31 de dezembro de 2016 poderão renegociar seus débitos. A medida autorizada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) contempla agricultores na área de atuação da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), órgão vinculado ao Ministério da Integração Nacional. Mais de um milhão de operações de crédito realizadas pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) se enquadram nas condições. O objetivo é minimizar os impactos na produção e renda de agricultores em regiões atingidas por seca ou estiagem.
A iniciativa é complementar à Lei 13.340, regulamentada no final do ano passado para permitir – com descontos – a quitação ou renegociação de dívidas rurais contraídas até dezembro de 2011, nas regiões Norte e Nordeste. O benefício autorizado agora estende até dezembro de 2016 o período de contratação dos financiamentos para produtores na região Nordeste e no norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Os interessados têm até 29 de dezembro deste ano para manifestar o interesse de renegociar seus débitos. Para isso, devem procurar a agência bancária onde o empréstimo foi contratado.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

CHARGE DO DIA!


COISAS DO SERTÃO: Biografia de Lampião, o Rei do Cangaço


Lampião (1897-1938) foi o mais famoso cangaceiro brasileiro, chamado de "Rei do Cangaço", andava em bando cometendo crimes motivados por vingança, revolta e disputa de terra, espalhando o medo por onde passava. Virgulino Ferreira da Silva (1897-1938), conhecido como Lampião, nasceu na cidade de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, no dia 7 de julho de 1897, em uma família de lavradores e criadores. Era o terceiro filho de uma família de sete irmãos, sabia ler e escrever. Ajudava na pequena fazenda do pai cuidando dos animais. O cangaço o atraiu, em 1915, depois que sua família foi acusada de ter roubado alguns animais da fazenda de seus vizinhos, a família Saturnino, ligada à oligarquia. Depois de certo tempo, os irmãos Ferreira mataram alguns gados do vizinho e foram perseguidos pela polícia. Na fuga, sua mãe não resistiu e a polícia matou seu pai. Virgulino encarregou um irmão de cuidar dos irmãos menores e, com os dois mais velhos passou a percorrer os estados nordestinos, fazendo justiça com as próprias mãos. O primeiro ataque foi em 1922, em Alagoas, na casa da baronesa da cidade de Água Branca, onde levou todo o dinheiro que encontrou. O bando justiceiro invadia as fazendas, saqueava os comerciantes e distribuía com os mais pobres uma parte do que recolhia. Cinco estados faziam parte de suas andanças. Por onde passava, torturava e matava, deixando um rastro de destruição e crueldade. No dia 1 de agosto de 1923, o bando sofreu sua primeira emboscada no município de Nazaré do Pico, em Pernambuco. O combate se deu na praça, com a ajuda dos civis nazarenos. Era o início da Força de Nazaré, a mais importante perseguidora de Lampião. Em 1926, estando em Juazeiro, no Ceará, Lampião é chamado para combater na Coluna Prestes e recebe a patente de capitão. Nessa época visita o Padre Cícero. Dois anos depois, Lampião atravessa o Rio São Francisco em direção a Sergipe e Bahia e tem o primeiro combate com as forças baianas. Em 1929, em suas andanças pela região chegou ao povoado de Malhado da Caiçara quando conheceu Maria Gomes de Oliveira, que tinha 19 anos e morava com os pais, depois que se separou do marido. Logo, Maria entrou para o cangaço e tornou-se a famosa companheira de Lampião. Com o nome de “Maria Bonita” tornou-se a primeira mulher a ingressar no cangaço. Em 1932 nasceu Maria Expedita de Oliveira Ferreira Nunes, a filha do casal.
Durante os anos de cangaço, Lampião zombou das polícias, do governo e das pessoas influentes. Escapava fácil das emboscadas, dos tiroteios e das armadilhas. Conseguia despistar os policiais, que ele chamava de macacos, usando várias estratégias. Uma delas era mandar o bando calçar as alpercatas ao contrário para deixar o rastro em direção oposta. Foi temido e amado.
Lampião criou roupas para si e para o bando, caprichava nos detalhes, usava medalhas, muitos anéis, correntes de ouro, chapéu de couro, alforjes bordados e punhais de prata. Lampião usava uma roupa semelhante a dos batalhões militares e óculos que o caracterizou. Sua primeira fotografia é datada de 1926. Seu apelido, dizem que surgiu da cor do cano de seu rifle, que ficava em brasa depois de vários tiros, parecendo um lampião.
Na madrugada de 28 de julho de 1938, na Grota de Angico, no povoado de Poço Redondo, em Sergipe, Lampião e seu bando, foram surpreendidos com rajadas de metralhadoras. Minutos depois, morria Lampião, Maria Bonita e mais 9 cangaceiros. O ataque comandado pelo tenente João Bezerra conseguiu, o que a polícia do Nordeste perseguia havia muito tempo. Suas cabeças foram decapitadas, mumificadas e expostas em Santana do Ipanema, Alagoas. Depois foram levadas para o Museu Nina Rodrigues, na Bahia, até serem enterradas em 1968.
Lampião morreu na Grota de Angico, em Poço Redondo, Sergipe, no dia 28 de julho de 1938.

BOM DIA, VAMOS A REFLEXÃO PARA O DIA DE HOJE!

"Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro, por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação, que é o mais fácil; e terceiro, por experiência, que é o mais amargo."(CONFÚCIO)

terça-feira, 25 de julho de 2017

CAIÇARA DO RIO DO VENTO: PARCERIA EMATER E PREFEITURA MUNICIPAL



    Parceria entre EMATER, através do Extensionista Chagas E município de Caiçara do Rio do Vento, representado pelo Prefeito Felipinho, Consegue um veiculo tipo baú-frigorífico que será destinado ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA-Compra Direta).


CAIÇARA DO RIO DO VENTO: PREFEITO FELIPINHO E SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO LUANNA JA ESTAO NA ESCOLA DE GOVERNO

       

         O Prefeito de Caiçara do Rio do Vento Felipinho e a Secretária de Administração e Primeira Dama Luanna Costa, já estão na Escola de Governo, no Centro Administrativo do Estado, onde receberão do Governador Robinson Faria, um veículo baú-frigorífico que será destinado ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA-Compra Direta). O evento esta sendo realizado desde às 10h, e conta com a presença do secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame.
               
Em breve mais infromações do Blog Sertão RN.

domingo, 23 de julho de 2017

O COLÍRIO DO BLOG DE HOJE!

sexta-feira, 21 de julho de 2017

CAIÇARA DO RIO DO VENTO/LAJES: Colisão entre carros deixa dois mortos

IMG_7895
Uma colisão entre dois veículos, um Fiat Strada e um Gol, deixou dois mortos na tarde desta quinta-feira (20), entre os municípios de Lajes e Caiçara do Rio do vento região Central do Rio Grande do Norte. Uma das vítimas foi o nosso conhecido e amigo ANAERTO, natural de Lajes que tinha um SUPERMERCADO com seu filho Lucas aqui em Caiçara do Rio do vento. O acidente ocorreu por volta das 15:00 hs na BR 304, altura do km 203.

MACAU: Homem rouba ambulância do Samu e é detido pela polícia no interior do RN

IMG_7899
A população da cidade de Macau, na Região Salineira do Rio Grande do Norte, se deparou nesta quinta-feira (20) com uma cena incomum. Um homem roubou uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no momento em que os profissionais realizavam um atendimento no bairro São Pedro. O suspeito, no entanto, sofre de transtornos mentais e foi parado pela polícia.
De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Militar, o motorista do Samu deixou o veículo aberto enquanto os médicos realizavam um atendimento. Foi quando o homem se aproximou, entrou na ambulância e saiu dirigindo pela cidade. Ninguém se feriu durante o percurso.

Walter Alves solicita reabertura de agências do BB

reunião com wa
O deputado federal Walter Alves (PMDB-RN) participou, na tarde desta quinta-feira ontem(20), de uma audiência com o superintendente estadual do Banco do Brasil, Ronaldo Oliveira. O objetivo do encontro foi discutir a reabertura de mais de vinte agências do BB no interior do Rio Grande do Norte.
“Infelizmente, as agências estão fechadas porque foram alvos de bandidos. Agora, a população está sofrendo com a falta dos serviços bancários essenciais. Queremos agilidade na reabertura dessas agências”, disse Walter.
Durante o encontro, o superintendente explicou que há um cronograma de atividades definido pela direção geral do banco, em Brasília. No entanto, pedirá prioridade para o pleito apresentado pelo deputado.
A reunião contou com a participação dos prefeitos de Monte AlegreSeverino Rodrigues, e de Vera Cruz, Marcos Cabral. O deputado estadual Hermano Morais e o empresário Luiz Loira também participaram do encontro.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

SAÚDE NO BLOG: Novo tratamento para diabetes tipo 2 é aprovado pela Anvisa


Um novo medicamento para tratamento de diabetes tipo 2 foi aprovado, nessa segunda-feira (17), pela Anvisa.

O remédio, chamado Soliqua, é uma caneta aplicadora contendo insulina e a lixisenatida, droga que estimula a secreção insulina - hormônio que "sequestra" a glicose da corrente sanguínea e promove sua entrada nas células, dessa forma, controlando a glicemia.

O novo tratamento é indicado para melhorar o controle glicêmico em adultos que não respondem bem aos medicamentos atualmente disponíveis no mercado. 

FONTE: Da FolhaPe!

Briola se converte ao Evangelho e planeja carreira Gospel


O ex-vocalista das bandas Ferro na Boneca e Cavalo de Aço, Briola Sales, deve abandonar de vez o forró e seguir carreira gospel. É o que revela um áudio publicado pelo cantor nas redes sociais.

Briola revela que caminha para deixar de vez o forró e até planeja, em breve, lançar um CD evangélico. "Brevemente estarei gravando meu CD evangélico. Pretendo abandonar o forró e cantar só para Jesus. Meu rumo quem comanda é o nosso senhor Jesus Cristo", diz Briola.

Na sua página no Facebook, o cantor publicou vídeos pregando e até cantando um hino de igreja junto com uma banda gospel em um culto evangélico.

FONTE:  Blog Priorado News! 

Concurso 1950 da Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 78 milhões


A quina teve 88 acertadores, que vão receber 
cada um o prêmio de R$ 52.163,05

Nenhum apostador acertou o resultado do concurso 1950 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira (19/07) em Atibaia, no interior paulista. Com isso, o prêmio estimado para o próximo sorteio, no sábado (22/07), é de R$ 78 milhões.
Os números sorteados hoje foram: 10 - 21 - 32 - 34 - 48 - 57.
A quina teve 88 acertadores, que vão receber cada um o prêmio de R$ 52.163,05. Já a quadra teve 7.215 apostas vencedoras. Cada um desses sortudos irá receber R$ 908,88.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Moro confisca R$ 606 mil de Lula

Dinheiro estava em quatro contas bancárias do ex-presidente

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Por ordem do juiz Sergio Moro, o Banco Central acaba de bloquear R$ 606.727 pertencentes ao ex-presidente Lula.

O dinheiro estava depositado em quatro contas bancárias do ex-presidente: R$ 397.636 no Banco do Brasil, R$ 123.831 na Caixa Econômica Federal, R$ 63.702 no Bradesco e R$ 21.557 no Itaú.

O confisco inclui ainda três imóveis, localizados em São Bernardo do Campo, um terreno e dois automóveis. 

Na sentença em que condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão pelo tríplex, Moro havia exigido o pagamento de R$ 16 milhões. O valor é referente a uma conta que seria usada pela empreiteira OAS para abastecer o PT e será devolvido à Petrobras. 

Desse montante, o magistrado descontou o valor do tríplex, dos três apartamentos, do terreno, dos dois veículos e mandou que a diferença fosse arrestada do saldo bancário até o limite de R$ 10 milhões.

O pedido de sequestro foi feito pelo Ministério Público Federal. Esse requerimento do MPF incluiu também dona Marisa. A ex-primeira-dama faleceu no dia 3 de fevereiro, e teve sua pena extinta.

FONTE: Veja.com

Programa do Governo em parceria com supermercados deixará consumidor mais atento à validade dos produtos

Programa do Governo em parceria com supermercados deixará consumidor mais atento à validade dos produtos
O Governo do Estado lançou campanha “De Olho na Validade”. O projeto, fruto de parceria entre o Procon e a Associação dos Supermercados do RN (Assurn), estimula o consumidor a ficar mais atento às datas nos rótulos e penaliza o comércio que mantiver produtos vencidos em suas prateleiras.
A solenidade de lançamento aconteceu no auditório da Federação do Comércio (Fecomércio), no Alecrim.
“Os direito do consumidor estão sendo fortalecidos em nossa gestão. Está é uma parceria de modernidade, na qual o público e o privado se encontram para defender a população”, disse o governador após assinar o termo de cooperação que subsidia o programa.
A campanha funciona do seguinte modo: o consumidor que encontrar um produto vencido nas prateleiras do supermercado participante levará, gratuitamente, um produto igual, próprio para consumo. A iniciativa entrará em vigor em agosto próximo.
Para Cyrus Benavides, diretor do Procon estadual,a medida vai propiciar o fortalecimento de uma postura correta dos supermercados e de mais atenção dos consumidores. “A advertência, a educação e a prevenção são muito mais eficazes que a multa. Por isso, hoje cerca de 80% de nossas visitas são de advertência”, afirmou o diretor do Procon, Cyrus Benavides.
“Hoje, com a assinatura deste convênio, estamos atendendo dois grandes objetivos: aproximarmo-nos dos órgãos fiscalizadores e fazer um trabalho preventivo nos supermercados”, assinalou o diretor presidente da Assurn, Luiz Moura.
REGRAS
A medida só vale antes de o consumidor passar pelo caixa. Caso já tenha efetuado a compra, passa a vigorar o Código de Defesa do Consumidor, que garante a troca por outro ou o ressarcimento do valor perante a apresentação da nota fiscal.
Se o supermercado não tiver o produto idêntico, o consumidor receberá outro, similar e de igual valor ou, ainda, um produto da mesma seção. Se o produto substituto tiver preço superior ao vencido, o consumidor deverá completar a diferença.
FONTE: Política em Foco

segunda-feira, 17 de julho de 2017

SÃO PAULO DO POTENGI: Vem aí a grande Vaquejada Vaqueirama

Proposta do salário mínimo para 2018 é de R$ 957,80

Proposta do salário mínimo para 2018 é de R$ 957,80
O aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 979 em 2018 terá impacto de R$ 12,7 bilhões nas contas do governo no próximo ano. Os números foram levantados pela Agência Brasil com base em estimativas do Anexo de Riscos Fiscais da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), aprovada pelo Congresso Nacional na última quinta-feira (13).
A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Por determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal, contém um anexo com os riscos para as contas públicas no curto e no longo prazo. De acordo com esse relatório, cada R$ 1 de aumento no salário mínimo tem impacto de R$ 301,6 milhões nos benefícios previdenciários, sociais e trabalhistas pagos pelo governo. Como o salário mínimo subirá R$ 42, o impacto total será de quase R$ 13 bilhões.
A maior parte dos gastos extras virá da Previdência Social, cujo déficit subirá em R$ 8,6 bilhões no próximo ano apenas por causa do reajuste do salário mínimo. O impacto pode ser amenizado com uma eventual recuperação da economia que aumente o emprego formal e reduza o rombo nas contas da Previdência.
A segunda fonte de impacto do novo salário mínimo será nos benefícios da Lei Orgânica de Assistência Social (Loas), cuja despesa aumentará em R$ 2,2 bilhões em 2018. Em seguida vêm os benefícios trabalhistas – abono salarial e seguro desemprego –, que terão alta de R$ 1,8 bilhão. Por fim, os gastos com a renda mensal vitalícia – auxílio para pessoas incapacitadas que parou de ser concedido nos anos 90, mas que ainda é pago a beneficiários com direito adquirido – se elevarão em R$ 50,4 milhões.
Desde 2012, o salário mínimo é reajustado pela inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede o custo de vida das famílias mais pobres, mais o crescimento da economia de dois anos anteriores. Por lei, a regra atual vai até 2019. Como o Produto Interno Bruto (PIB – soma dos bens e serviços produzidos) caiu 3,6% no ano passado, o salário mínimo de 2018 foi corrigido unicamente pela inflação.

CAIÇARA DO RIO DO VENTO: Realiza Conferência Municipal de Assistência Social


A Prefeitura Municipal de Caiçara do Rio do Vento, através da SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-Semas, estará realizando a 7ª Conferência Municipal de Assistência Social no próximo dia 19 próximo.

sábado, 15 de julho de 2017

Robinson encaminha pleitos de municípios das regiões Agreste e Central

Governador encaminhou pleitos referentes à perfuração de poços para abastecimento de água, saneamento básico, construção de barragens e reforço na segurança
Governador Robinson Faria realizou despachos administrativos com prefeitos de três municípios das regiões Agreste e Central
O governador Robinson Faria realizou despachos administrativos com prefeitos de três municípios das regiões Agreste e Central nesta sexta-feira, 14. Ele atendeu o prefeito de Monte das Gameleiras, Jailton Félix, a prefeita de Georgino Avelino, Stela Barbosa e o prefeito de Rui Barbosa, Francisco Felipe da Silva.

Com o prefeito Jailton Félix o governador encaminhou pleitos referentes à perfuração de poços para abastecimento de água, saneamento básico, construção de barragens e reforço na segurança. A prefeita de Georgino Avelino solicitou a recuperação da RN 02, estrada que liga o município à BR-101, reformas do ginásio poliesportivo e da delegacia de polícia e a atuação do programa Microcrédito do Empreendedor.

O prefeito do município de Rui Barbosa solicitou a reposição de um ônibus escolar, a extensão da rede de abastecimento de água da comunidade Gameleira até a comunidade Acauã, que vai beneficiar 25 famílias, e a perfuração de poços artesianos.

Robinson Faria afirmou que a administração estadual vem trabalhando para atender todo o Estado e que esforços estão sendo feitos para superar as dificuldades financeiras. “Apesar da crise, da redução dos repasses federais, estamos realizando investimentos nos municípios. Levamos ações que favorecem a produção e geração de renda como o Microcrédito do Empreendedor, apoio e tecnologia às atividades da agropecuária, à agricultura familiar e ao artesanato. Estamos investindo na melhoria das escolas, das unidades da rede de saúde, oferecendo moradias aos servidores públicos, perfurando poços para minimizar a falta de água, recuperando estradas. Todas estas são ações diretas nos municípios que estão beneficiando a população do nosso Estado”, afirmou o Governador.

NOTA DO BLOG: Temos dito e repetido aqui neste espaço, bem que o nosso Prefeito FELIPE MÚLLER, devia ter pedido uma audiência ao Governador Robinson e nesta ocasião, levando consigo, pleitos para o município como (perfuração e recuperação de poços, construção de barragens, aquisição de dessalinizadores, micro crédito que permita a geração de empregos e rendas nas unidades produtivas dos agricultores familiares, legalização(adaptação/certificação) da unidade de beneficiamento de frutas da Serra da Gameleira entre outros benefícios para o município.


Fátima Bezerra e outras senadoras denunciadas podem perder mandato

O pedido de reconsideração foi juntado à documentação da denúncia, que já foi aceita pelo presidente do Conselho de Ética
Ciro Nogueira e Elmano Férrer também foram signatários da denúncia contra as seis senadoras
O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado recebeu nessa quinta-feira (13) um pedido para que seja reconsiderada a denúncia contra as seis senadoras que ocuparam a Mesa do Plenário durante a sessão em que foi votada a reforma trabalhista (PLC 38/2017). O documento é assinado pelas senadoras denunciadas e apoiado por outros 21 senadores.
As senadoras Ângela Portela (PDT-RR), Fátima Bezerra (PT-RN), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Lídice da Mata (PSB-BA), Regina Sousa (PT-PI) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) são os alvos da denúncia. O pedido de reconsideração foi  juntado à documentação da denúncia, que já foi aceita pelo presidente do Conselho de Ética, senador João Alberto Souza (PMDB-MA), e já pode ser analisada pelo plenário do órgão.
No pedido, as senadoras argumentam que a denúncia foi originalmente apresentada como uma representação, modalidade que poderia ser ajuizada apenas pela Mesa ou por um partido político – o autor da peça foi o senador José Medeiros (PSD-MT), com apoio de 14 colegas. Apenas durante o processo, argumentam as senadoras, é que a tipificação do documento mudou para denúncia – que pode ser apresentada por um único senador.
Elas também alegam que não há individualização de condutas na denúncia, o que deveria acarretar a nulidade do processo.
Quanto ao mérito, as senadoras argumentam que ocupar lugares à Mesa do Plenário é uma conduta corriqueira e legítima aos parlamentares e não deveria ser enquadrada como quebra de decoro parlamentar. Elas também observam que o presidente do Senado, Eunício Oliveira, não foi impedido de exercer suas prerrogativas, uma vez que usou um microfone para suspender a sessão e, posteriormente, para reiniciar os trabalhos.
Além disso, as senadoras acusadas lembram que, em 2009, o então senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) ocupou a cadeira da Presidência para reivindicar a leitura de um requerimento de criação de comissão parlamentar de inquérito (CPI). Na ocasião, ele não foi denunciado ao Conselho de Ética, o que demonstra, na opinião das senadoras, que essa ação é “ato próprio da tática política no parlamento.
O pedido de reconsideração é apoiado pelos senadores Armando Monteiro (PTB-PE), Ciro Nogueira (PP-PI), Elmano Férrer (PMDB-PI), Hélio José (PMDB-DF), Humberto Costa (PT-PE), Jader Barbalho (PMDB-PA), Jorge Viana (PT-AC), José Pimentel (PT-CE), José Serra (PSDB-SP), Lindbergh Farias (PT-RJ), Lúcia Vânia (PSB-GO), Omar Aziz (PSD-AM), Otto Alencar (PSD-BA), Paulo Paim (PT-RS), Paulo Rocha (PT-PA), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Reguffe (sem partido-DF), Roberto Requião (PMDB-PR), Telmário Mota (PTB-RR), Vicentinho Alves (PR-TO), Wellington Fagundes (PR-MT).
Ciro Nogueira e Elmano Férrer também foram signatários da denúncia contra as seis senadoras.

Fonte: Senado Federal

Pagamento do Governo do Estado para quem ganha até R$ 4 mil será feito quarta-feira

Pagamento do Governo do Estado para quem ganha até R$ 4 mil será feito quarta-feira
O Executivo estadual potiguar anunciou pagamento dos salários do mês de junho dos 14.604 servidores ativos, aposentados e pensionistas que recebem entre R$ 3.001 e R$ 4 mil, uma soma equivalente a R$ 50,4 milhões. O depósito será feito na próxima quarta-feira, segundo a Secretaria Estadual de Planejamento.
Com o pagamento desta faixa salarial, mais de 80% do funcionalismo já terá recebido os vencimentos. A folha foi iniciada em 29 de junho e chega a 88.731 servidores, montante correspondente a R$ 184,4 milhões.

Lei regulamenta produção de queijos no estado e oferece garantias a produtores

Lei de autoria de Hermano Morais (PMDB) estabelece regras específicas de boas práticas sanitárias, ambientais e de formalização de pequenas unidades que fabricam queijos de coalho e de manteiga
Uma lei aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira, 12, que regulamenta a produção de queijos artesanais no Rio Grande do Norte representa uma promessa de mais garantias para o pequeno produtor rural que encontra nessa prática sua forma de sobrevivência.
De autoria do deputado estadual Hermano Morais (PMDB), o projeto é uma antiga reivindicação dos produtores do setor, que agora terão regras específicas de práticas sanitárias, ambientais e de formalização de pequenas unidades que fabricam queijos de coalho e de manteiga.
O texto passará ainda por uma redação final e, após isso, será enviado para sanção do governador Robinson Faria (PSD) no início do mês de agosto.
Para Hermano Morais, essa lei é muito importante para o estado, porque reconhece uma atividade secular, preserva a cultura gastronômica de regiões e estimula a geração de emprego e renda, especialmente para a economia rural.
“Já fazia muito tempo que que essa classe trabalhadora não dispunha de uma segurança jurídica que os permitisse expandir os seus negócios. Essa é uma tradição passada de geração para geração. É importante que se preserve isso”, afirmou.
De acordo com o parlamentar, o projeto está centrado em questões que vão desde o manuseio e armazenamento do leite, garantindo assim a qualidade da produção do queijo, como também em aspectos estruturais do setor.
“Nosso desejo é que essa produção não se restrinja apenas aos limites do RN, mas que também seja possa ser considerada em estados vizinhos e quem sabe, no futuro, também possa chegar a outras partes do mundo”, almejou.
Segundo Hermano, estima-se que o Rio Grande do Norte possua mais de 350 queijeiras em seu território, o que evidencia um número acentuado de pessoas que trabalham nessa atividade.
De acordo com dados da Agência de Desenvolvimento do Seridó (Adese), só esta região concentra 311 queijeiras. Essas unidades são responsáveis por uma produção mensal de 74 mil quilos de queijos de coalho, 236 mil quilos de queijo de manteiga, 506 quilos de ricota e 22 mil litros de manteiga de garrafa – uma cadeia produtiva que envolve somente no Seridó 1.056 pessoas.
“Eu tenho certeza que essa legislação específica vai dar mais segurança, tanto para quem fabrica o queijo, como para quem consome”, garantiu.
Somado ao projeto, o deputado comemora ainda os incentivos do governo, com a disponibilização de recursos para o setor. Segundo ele, o estado tem conseguido, junto ao Banco Mundial, angariar recursos via projeto Governo Cidadão.
“Eu acredito que essa lei chega em boa hora porque vai fortalecer o setor produtivo rural, principalmente nesse momento de seca prolongada, mas onde se verifica que a produção de queijo e de manteiga ainda garante a renda para muitas família espalhadas pelo estado”, comemorou.
Para o superintendente do Sebrae, Zeca Melo, a legislação aprovada pelos deputados estaduais vai dar a possibilidade aos produtores de se produzir queijo artesanal e fazer com que o material chegue ao supermercado.
Ele assinala que a lei atualmente em vigor prejudica os pequenos produtores, uma vez que impõe a eles as mesmas regras aplicadas para os grandes produtores. “Isso gera uma insegurança que paira sobre os diversos órgãos de fiscalização”, disse.
O superintendente destaca ainda a possibilidade que a aprovação da lei trará de potencializar outro projeto do Sebrae, que é o Programa Cidadão, que vai atender 39 queijeiras, podendo chegar a atender mais de 60.
REGRAS
A nova legislação determina parâmetros para a produção dos queijos com qualidade e as regras vão desde especificações do rebanho a medidas higiênico-sanitárias e a normas para fabricar os queijos de coalho e de manteiga.
A lei também caracteriza o que pode ser classificado como uma queijeira, que seria a unidade de produção do queijo artesanal, localizada em propriedade rural, com área útil construída não superior a 250 metros quadrados, onde são processados até 2 mil litros diários de leite. O texto elenca os insumos usados no processo e o registro da unidade.
“Um dos principais avanços com a aprovação desse projeto de lei é o reconhecimento da produção com o leite cru, sem passar pela pasteurização, porque isso preserva a cultura e o modo de fazer queijo que já virou uma tradição da região”, avalia o gestor do Projeto de Leite & Genética do Sebrae-RN, Acácio Brito.
Na visão do gestor, além de encarecer o processo, a pasteurização descaracterizaria o queijo do Seridó. Para ele, essa nova legislação dá condições de regularizar a atividade de mais de 350 queijarias artesanais que estão em funcionamento no estado. “Com uma legislação, teremos regras claras para definir qualidade dos produtos e combater um dos maiores males da cadeia produtiva que é a fraude e adulteração do leite”.
Outro ponto relevante do projeto é o que aborda as regras para a comercialização dos derivados lácteos, já que se trata de um produto de origem animal e precisa uma série de cuidados para a venda além das fronteiras do local de produção.

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Posse de arma a moradores da zona rural

armado

O Projeto de Lei do Senado 224/2017 modifica o Estatuto do Desarmamento (Lei Lei nº 10.826/2003) para incluir uma nova condição para autorizar a posse de armas de uso permitido: a residência na zona rural.
De autoria do senador Wilder Morais (PP-GO), o projeto aguarda a designação de relator na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado.
De acordo com o projeto, terão direito à posse de arma as pessoas residentes na zona rural maiores de 21 anos que satisfaçam as mesmas exigências já presentes nos incisos I a III do parágrafo 5º do artigo 6º do Estatuto do Desarmamento, que trata do porte de armas para o morador de área rural que também é caçador de subsistência. Ou seja, deve apresentar documento de identificação pessoal, comprovar morar em área rural e ter bons antecedentes.
De acordo com o autor do PLS 224/2017, em geral as áreas rurais do país estão distantes dos postos policiais, o que deixa seus moradores vulneráveis a ataques de criminosos e animais silvestres.
O senador afirma, na justificação do projeto, considerar que o morador do campo “encontra-se desassistido pelas forças de segurança em tempo hábil para preservar a sua integridade física e moral, o que demanda a atuação do Estado no sentido de assegurar seu direito à autodefesa”.
Wilder Morais argumenta ainda que o Estatuto do Desarmamento, apesar de já estar em vigor desde a década de 2000, não conseguiu reduzir o número de mortes causadas por armas de fogo, de modo que não se poderia “estabelecer uma relação de causalidade entre o número de armas de fogo em posse de civis e o número total de homicídios”.
FONTE: Robson Pires

SAÚDE: Robinson recebe prefeitos e reafirma compromisso de não fechar hospitais do RN

rob pre
No final da manhã desta sexta-feira (14), o governador Robinson Faria recebeu os prefeitos de Severiano Melo, Dr. Dagoberto Bessa Cavalcante, e da cidade de Caraúbas, Juninho Alves, para reafirmar que não fechará nenhum hospital do Rio Grande Norte, já que ambos estavam apreensivos com essa possibilidade.
“O governo em nenhum momento disse que fecharia qualquer dessas unidades. Muito pelo contrário, fui até Brasília e garanti R$ 150 milhões para trazer melhorias, reformar, reequipar e promover qualidade aos hospitais regionais de todo estado”, ratificou o Chefe do Executivo Estadual.
Para Dr. Dagoberto, a palavra do governador irá tranquilizar a população que estava preocupada com os boatos sobre um possível fechamento.
O governo afirma que o documento assinado com o Ministério Público tem por objetivo avaliar o sistema de atendimento e promover ajustes no perfil das unidades hospitalares do estado dando a elas funções que melhor couberem na sistemática do SUS.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Quem são os três juízes que podem mandar Lula para a prisão?

João Pedro Gebran, Leandro Paulsen e Victor Laus são mais duros que Moro ao revisarem penas da Lava Jato; trio também pode vetar candidatura petista em 2018

Juízes do TRF4 que podem condenar Lula
Os desembargadores federais João Pedro Gebran, Leandro Paulsen e Victor Laus, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região
As decisões do juiz federal Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato em primeira instância em Curitiba e acabou de condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e meio de prisão, passam pelo crivo de três desembargadores federais do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) em segunda instância. São eles que vão decidir que ratificam a condenação do petista e, em consequência, determinam sua prisão e sua inelegibilidade para 2018.

João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF4, Leandro Paulsen e Victor Luiz dos Santos Laus, membros da 8ª Turma da Corte sediada em Porto Alegre, mantiveram condenados até agora 34 dos 39 réus considerados culpados por Moro. Apenas cinco foram absolvidos no tribunal. Conhecidos pelo perfil “linha dura” e a mão pesada quando aumentam as penas estipuladas pelo magistrado, os desembargadores elevaram a soma de 398 anos de prisão decretados por Moro nestas sentenças a 487 anos.

FONTE: Veja.com

MOSSORÓ: Sancionada lei que doa terreno para sede própria da Câmara Municipal

Reunião_12.07.17-2
A prefeita Rosalba Ciarlini sancionou, na manhã desta quarta-feira (12), no Salão dos Grandes Atos do Palácio da Resistência, a Lei N° 3.563, de 12 de Julho de 2017, de dispõe sobre a doação de terreno para construção de sede própria da Câmara Municipal de Mossoró.
O imóvel está localizado entre as Ruas Duodécimo Rosado e Jornalista Jorge Freire, no bairro Nova Betânia, e pela Lei, a sede do legislativo mossorense deve ser construída num prazo de 24 meses.
Rosalba destacou que a construção da sede própria é um sonho de todos que fazem a Câmara, além de ser também uma necessidade para que os vereadores tenham melhores condições de trabalhar para o povo.

MOSSORÓ: Motorista de ônibus é assassinado no estacionamento de universidade


Polícia investiga se o caso foi latrocínio ou uma execução. Dois homens teriam atirado na vítima e fugido por matagal.
Vítima estava no estacionamento aguardando alunos para retornar ao município de Areia Branca

O motorista de um ônibus que faz transporte de estudantes foi assassinado, no final da tarde desta quarta-feira (12), quando estava no estacionamento de uma universidade particular. O crime aconteceu no bairro Nova Betânia, na cidade de Mossoró, região Oeste do RN.

A vítima foi morta a tiros por dois homens ainda não identificados. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência chegou a ser acionado, mas não houve tempo de socorro. O sargento Rivelino Lopes, do 2º Batalhão da Polícia Militar, informou ao G1 que a polícia investiga se o caso foi latrocínio ou uma execução.

"Um vigia disse que passou pelo ônibus e viu o motorista no ônibus, pouco tempo depois, ele ouviu o disparo de arma de fogo e ainda conseguiu visualizar dois suspeitos correndo em direção ao matagal que tem na lateral da universidade", relatou o sargento da PM.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o motorista conduzia alunos da cidade de Areia Branca para a universidade. Ele havia deixado os estudantes e aguardava o término das aulas para retornar a Areia Branca com o grupo.

FONTE: G1

SETENÇA DE MORO: Lula é condenado a 9 anos de prisão e vai recorrer em liberdade

O juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no processo que envolve o caso da compra e reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo.
Ele foi condenado a nove anos e seis meses pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
É a primeira vez, desde a Constituição de 1988, que um ex-presidente é condenado criminalmente. A sentença foi publicada nesta quarta-feira (12) e, na decisão, Moro permite que Lula recorra em liberdade. Veja a íntegra da decisão de Sérgio Moro.
Lula foi absolvido dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o armazenamento do acervo presidencial por falta de prova suficiente da materialidade.
Na decisão, Moro absolveu Lula das acusações de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o armazenamento do acervo presidencial numa transportadora, que teria sido pago pela empresa OAS.

“Meu Governo não fechará hospitais”, garante Robinson Faria

Em nota emitida hoje o governador Robinson Faria afirmou “veementemente” que não permitirá o fechamento de hospitais regionais no seu governo e esclareceu quais são as determinações da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta entre Governo do Estado e Ministério Público.
“O TAC não determina o fechamento, mas um estudo de redefinição do perfil das unidades. Não vamos fechar”, disse.
Ele explicou que, ao contrário do que está sendo dito, seu governo trabalha para recuperar e reabilitar os hospitais dentro da estratégia de regionalização do atendimento à saúde. “Estamos destinando mais de R$ 40 milhões para a reforma e reequipamento de sete hospitais regionais. Instalamos tomógrafo em Mossoró e Caicó e vamos instalar em Pau dos Ferros. Vamos investir R$ 100 milhões na construção do Hospital da Mulher em Mossoró, já em licitação. E estamos recuperando e reequipando 21 maternidades em diversos municípios. Isso tudo com recursos que conseguimos junto ao Banco Mundial”, explicou o governador.
O chefe do Executivo informou ainda que acabou de conseguir R$ 150 milhões junto ao Ministério da Saúde, o que vai permitir reabastecer e regularizar o funcionamento de toda a rede de saúde do Estado e implantar novos serviços como os mutirões de ortopedia e de cirurgias eletivas – e as policlínicas para agilizar exames.
Na nota o governo afirma também que o documento assinado com o Ministério Público tem por objetivo avaliar o sistema de atendimento e promover ajustes no perfil das unidades hospitalares do estado dando a elas funções que melhor couberem na sistemática do SUS. “Não haverá fechamento de hospitais”, assegurou o governador.

FONTE: Thaysa Galvão

DELAÇÃO: Até Michel Temer ameaça delatar

Temer diz a deputados que, se cair, Maia e Eunício serão os próximos
Por votos, o presidente Michel Temer tem dito a parlamentares aliados que, se deixar a Presidência da República, os próximos alvos da Procuradoria-Geral da República serão Rodrigo Maia, presidente da Câmara, e Eunicio Oliveira, presidente do Senado.
O discurso de Temer para os deputados, em conversas reservadas nos últimos dias, é que o Ministério Público, comandado por Rodrigo Janot, “persegue a classe política” e quer que a Presidência da República seja comandada por Carmen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal.
Isto porque, se Maia e Eunício caírem, caberá, pela linha sucessória, a presidente do STF assumir a Presidência.
Porém, em seus relatos aos parlamentares, Temer omite que a lei só permite que presidentes sejam investigados por crimes cometidos no mandato atual.
Antes da delação da JBS, o próprio presidente já havia sido delatado pela Odebrecht- mas não foi objeto de ação pela procuradoria, que sequer pediu abertura de inquérito porque os supostos crimes foram cometidos antes de assumir a presidência.
Ele só foi denunciado porque foi gravado por Joesley Batista, já como presidente, numa conversa em que, segundo a procuradoria, indicava o cometimento de crimes.
E porque, depois, o homem que ele indicou para resolver as pendências da J&F foi pego numa ação controlada recebendo 500 mil que a PGR diz que eram para Temer.

Com o discurso, o presidente Temer apela aos deputados com uma espécie de instinto de sobrevivência para derrubar a denúncia contra ele por corrupção passiva na Câmara.

FONTE: Do blog de Andréia Sadi no G1

MENSAGEM PARA REFLETIRMOS!

“Aproveite este dia e ame com todas as forças do seu coração, sem restrições, sem ver defeitos e tristezas. Amar é ser feliz. O amor é como a flor, quanto mais você gosta dela mais quer sentir o perfume. Não espere que a melhoria, prosperidade e bem-estar caiam do céu milagrosamente, sem fazer força. Tudo tem o preço da conquista, da busca, da participação, do esforço. É fortíssima a energia que você tem, ainda não explorada pelo seu pensar, e muitas são as suas possibilidades de crescer e conquistar o que mais quer ou precisa, chegando à felicidade. A sorte sorri para os que usam os talentos que têm.” (RIVALCIR LIBERATO)

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Moro explica por que Lula não será preso (por ora)


O juiz Sergio Moro condenou o ex-presidente Lula a 9 anos e seis meses de prisão pelo caso tríplex. A decisão foi publicada hoje pelo juiz federal.
Apesar disso, Moro não pediu a prisão preventiva de Lula. “Poderá o ex-Presidente Luiz apresentar a sua apelação em liberdade”, escreve o juiz em sua decisão.
Moro relembra que Lula respondeu ao processo em liberdade e, nesse meio tempo, teria orientado a destruição de provas, de acordo com depoimentos de José Adelmário Pinheiro Filho e Renato de Souza Duque. “até caberia cogitar a decretação da prisão preventiva do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.”
“Entretanto, considerando que a prisão cautelar de um ex-Presidente da República não deixa de envolver certos traumas, a prudência recomenda que se aguarde o julgamento pela Corte de Apelação antes de se extrair as consequências próprias da condenação”, explica Moro.
FONTE: Exame

Bandidos explodem carro forte em São Pedro do Potengi

Carro-forte foi atacado por criminosos próximo à cidade de São Pedro do Potengi. (Foto: Divulgação / PM)
Bandidos atacaram um carro-forte e explodiram o veículo, no final da tarde desta terça-feira (11), na rodovia estadual RN 203. O assalto aconteceu próximo à cidade de São Pedro do Potengi.
A informação foi confirmada pelo comandante do policiamento do interior da Polícia Militar, coronel Wellington Arcanjo.
A quadrilha, composta por pelo menos oito bandidos, teria atirado contra o carro-forte e conseguiu interceptar o veículo. Em seguida, retiraram os vigilantes e então explodiram o carro para ter acesso ao dinheiro.
No entanto, ainda não se sabe se os assaltantes conseguiram roubar os malotes e nem quanto teria sido levado. Várias equipes da Polícia Miltiar foram deslocadas para a região e realizam diligências para tentar localizar e prender os criminosos.
G 1

terça-feira, 11 de julho de 2017

Após 6 horas, Senado Federal retoma votação da reforma trabalhista

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) classificou a ocupação da Mesa como “cena deplorável, atitude cínica, avacalhação, espetáculo triste”

Depois de mais de seis horas de impasse, a votação da reforma trabalhista foi retomada no Senado. A sessão, que começou às 11h desta terça-feira (11), foi suspensa após uma hora pelo presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), depois que um grupo de senadoras contrárias à proposta se recusou a deixar a Mesa do Plenário. Eunício ordenou que a luz e que o ar-condicionado do local fossem desligados.
De acordo com apuração da revista Veja, a senadora Gleisi, uma das que participaram do protesto, consultou as centrais sindicais, que se manifestaram a favor de continuar a manifestação: “Isso aqui não vai passar, eles estão com raiva”.
Pouco depois das 18h30, Eunício reabriu a sessão. As senadoras, no entanto, continuam sentadas à Mesa.
O grupo apresentou três condições para deixar a mesa e liberar o plenário para a votação: a abertura das galerias para que lideranças sindicais acompanhem a sessão; a autorização para que todos os senadores – e não apenas os líderes – possam falar durante a votação; e a aprovação de um destaque para impedir que mulheres trabalhem em locais insalubres. O senador Paulo Paim (PT-RS) tenta costurar o acordo com o governo.

“O que está pegando é a questão dos destaques. O Senado não pode só homologar aquilo que vem da Câmara. Até o momento, para essa questão do destaque, não houve acordo”, disse Paim.
A oposição tem direito regimental de apresentar destaques para a votação em separado. Mas o que as senadoras querem é o compromisso de que a emenda será aprovada no mérito. Na prática, isso significaria empurrar a reforma trabalhista de volta para a Câmara.
“Vamos resistir até o Senado fazer um debate democrático e deixar os senadores fazerem alteração na proposta. Nós não aceitamos essa imposição do Executivo. Vai voltar para a Câmara? Vai. É assim a vida da democracia. Você não pode acabar com uma lei de 40 anos em cinco meses. A única coisa que temos para fazer agora é essa resistência”, disse a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).
O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), que é primeiro vice-presidente do Senado, foi duro ao comentar a atitude das senadoras. Ele classificou a ocupação da Mesa como “cena deplorável, atitude cínica, avacalhação, espetáculo triste”. Cássio disse que os tucanos não apoiam a aprovação da emenda sugerida pela oposição.
“Seria até razoável que o Senado pudesse reexaminar alguns pontos e devolver a matéria para a Câmara. Mas diante dessa postura de radicalização, de afronta à instituição, de achincalhe ao país, é muito ruim você fazer qualquer tipo de negociação nesse ambiente”, afirmou Cássio.
O líder do Governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR), ainda não se manifestou sobre a proposta de acordo. A sessão do plenário continua suspensa.

Fonte: Com informações da Agência Senado/AGORARN

Chuva deixa Natal e interior do RN em alerta de perigo, diz instituto

chuva com tempo
Por causa das chuvas que caem desde a noite desta segunda-feira (10) na cidade, Natal está em ‘Alerta Laranja’.O aviso é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que em razão do acumulado de precipitações considera a possibilidade de alagamentos, deslizamentos de encostas, transbordamentos de rios. A Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Norte e a Defesa Civil de Natal foram avisadas.
Entre as 0h e 9h desta terça-feira (11), os meteorologistas registraram 30,8 milímetros de chuvas em Natal. Na região de Calcanhar, próximo a Touros, foram 71 milímetros. O ‘Alerta Laranja’ é emitido quando há entre 30 a 60 mm por hora ou 50 a 100 mm por dia.
De acordo com o Inmet, o alerta foi dado por causa de uma ‘nebulosidade compacta’ entre Fernando de Noronha e Natal. “São nuvens profundas. O alerta foi enviado para a Defesa Civil porque essa chuva pode causar alagamentos e deslizamentos de terra, principalmente em cidades litorâneas, como é o caso de Natal”, diz Ednaldo Correia, chefe da Seção de Previsão do Tempo do órgão, em Recife.
O alerta abrange as regiões Central, Oeste, Leste e Agreste potiguar.
A Defesa Civil do Rio Grande do Norte, porém, informou que o monitoramento de chuva é um trabalho que exige operação de 24 horas, mas o órgão não teria condições de fazer isso. “Não temos efetivo nem estrutura suficiente para monitorar. A chuva geralmente causa problemas nas grandes cidades, como é o caso de Natal, que conta com Defesa Civil própria”, declarou o assessor técnico Marcus Morais. Ele substitui o coordenador Eliseu Dantas, que está de férias.
A coordenadora da Defesa Civil de Natal, Alana Sales, informou que 10 agentes trabalham nesta terça-feira na capital em monitoramento de áreas de risco e lagoas.
Em apenas uma hora, caíram 10,8 milímetros em Natal. Para o Inmet, a quantidade é suficiente para emitir o Alerta Laranja na capital potiguar. “A maré cheia, junto com a quantidade de água, traz problemas como alagamentos na cidade”, informou Ednaldo Correia.
Segundo as previsões do órgão federal, as chuvas devem continuar nos próximos dias, com menor intensidade. As rajadas de ventos estão menores e são mais pontuais que na semana passada, informou o Instituto.

“O período está com uma característica diferente neste ano. Os anos anteriores estavam abaixo da média, agora estamos acima. Só em um dia chuveu 140 milímetros, quando a média esperada para o mês é de 196,9”, concluiu o meteorologista.
FONTE: G 1